De cinco em cinco anos, os cidadãos europeus são chamados às urnas no âmbito das eleições europeias. Entre os milhões de habitantes dos 28 países, os jovens são, este ano, um dos principais focos das campanhas de apelo ao voto.

Alem do assunto do Brexit, que tem consumido grande parte da agenda mediática nos últimos anos, os europeus enfrentam atualmente um grande conjunto de desafios, nomeadamente a crise migratória, a privacidade dos dados, as alterações do clima e o desemprego jovem. Com o crescente número de obstáculos que têm sido colocados à governação europeia, a UE tem vindo a defender a importância do voto para a legislatura que aí vem, enquanto ato decisivo da definição da conjuntura política do projeto europeu e dos valores em que assenta.

Com a ascensão dos populismos e do ceticismo no contexto europeu, muitos políticos da UE têm vindo a reforçar a importância deste voto enquanto elemento fundamental para a manutenção de uma democracia que não deve ser tomada como dado adquirido.

 

Em que consistem as Eleições Europeias?

A União Europeia parte dum princípio de respeito pelos direitos fundamentais e democráticos. O voto, enquanto reivindicador desses direitos e valores, permite decidir a composição do Parlamento Europeu.

 

Em quem vou votar?

Este ano, tal como em 2014, os portugueses elegem 21 deputados para o Parlamento Europeu. Estes membros são incluídos nas listas de cada partido ou apresentam-se enquanto candidatos independentes.

A liderar a lista do PS encontra-se Pedro Marques, enquanto os sociais democratas optaram por manter Paulo Rangel enquanto cabeça de lista. João Ferreira lidera a lista do PCP, Marisa Matias encabeça a lista do Bloco de Esquerda e Nuno Melo a do CDS-PP. Marinho Pinta apresenta-se em nome do PDR e Francisco Guerreiro pelo PAN. Nesta legislatura estreiam-se, contudo, vários outros partidos no âmbito eleitoral, como o Aliança e a Iniciativa Liberal.

 

Quando se realizam as Eleições Europeias?

As eleições decorrem entre 23 e 26 de maio. Em Portugal, têm lugar durante o último dia, 26.

 

Eu posso votar?

Todos têm direito ao voto a partir dos 18 anos de idade. A inscrição no recenseamento é automática caso possuas Cartão de Cidadão. Perante algumas condições, existe a possibilidade de votar no estrangeiro.

 

Como sei o meu local de voto?

Os eleitores portugueses devem votar na assembleia de voto correspondente à sua zona de residência. Para saber o sítio exato, consulta a tua Junta de Freguesia, este portal ou envia um SMS para 3838, escrevendo a mensagem RE <espaço> número de identificação civil <espaço> data de nascimento no formato AAAAMMDD.

Exemplo: RE 1234567 19820803

 

Onde posso obter mais informações sobre este assunto?

https://www.eleicoes-europeias.eu/

https://www.destavezeuvoto.eu/

https://europa.eu/youreurope/citizens/residence/elections-abroad/european-elections/index_pt.htm

 

 

PROCURAS EXPLICADOR? CLICA NA IMAGEM EM BAIXO!

 

Este artigo foi escrito em parceria com o Jornal Pontivírgula.
Redatora: Carolina Gaspar