No último texto, que podem ler aqui falei sobre a minha mudança de casa. Pois bem, por causa de alguns problemas fiquei sem internet em casa durante duas semanas! Duas semanas!!! Isso fez-me refletir bastante acerca da importância da internet na vida dos estudantes.

Um pouco por todo o lado, ouve-se que os jovens estão demasiado agarrados aos telemóveis, aos computadores e à internet. Fala-se que é uma obsessão, uma dependência, uma doença. Mas a realidade não é bem essa.

Hoje em dia, a internet é muito mais do que uma distração ou uma brincadeira. É através dela que comunicamos com os nossos amigos, que vemos vídeos, que ouvimos música. Para as gerações mais novas, e não me refiro apenas aos adolescentes, mas também a todos aqueles com menos de vinte anos e alguns mais velhos, a internet veio substituir a televisão, o rádio, os jornais e restantes meios de comunicação. Nós, continuamos a ver os programas de televisão, só que vemos no ecrã do computador, continuamos a ouvir rádio, mas através das emissões online, continuamos a ler notícias mas no website dos jornais.

Para além disso, conversamos com os nossos amigos por WhatsApp ou Messenger. As mensagens por SMS foram ultrapassadas, e nessas aplicações dão para fazer muito mais coisas, como conversas em grupo, enviar fotos, vídeos e mandar mensagens de voz, tudo sem ter de pagar. Podem argumentar que isto é tudo miudezas, que a internet não é essencial e que faz bem não estar sempre ligado. Eu concordo, tanto que costumo ir de férias para um local onde não há internet e a rede é muito fraca. O problema não é não ter internet, é sim, não a ter durante o semestre.

É preciso ler os emails que os professores nos enviam, alguns deles urgentes, com informações das aulas do dia seguinte. Também é necessário ir colocando os slides que nos são fornecidos na nossa Drive, para termos sempre as pastas atualizadas. Por vezes, quando surge uma dúvida, é necessário ir pesquisar informação à internet. Tudo isto fica muito limitado quando a única forma de estarmos conectados é através de uma pequeníssima quantidade de dados móveis e apenas no telemóvel.

Para atenuar as consequências de não estar ligado à internet em casa é preciso fazer muitas coisas. Começamos por transferir todos os ficheiros para o ambiente de trabalho. A meio do estudo reparamos que faltam powerpoints e ficamos stressados. É preciso ir à faculdade (que no meu caso são dez minutos a pé para cada lado) para os transferir. Pensamos realmente se vale a pena ir lá para isso e concluímos que sim. Vamos lá, mas distraímo-nos e damos por nós a ver vídeos ou a fazer scroll nas redes sociais. Fazemos o download e voltamos para casa. Queremos voltar ao estudo mas estamos cansados e reparamos que perdemos uma hora desnecessariamente. É preciso arranjar novos sítios para estudar, ajustar as rotinas e planear bem o que estudar, para evitar surpresas.

Por tudo isto, é fácil concluir que a internet é indispensável na vida de qualquer estudante. É a nossa ferramenta de trabalho mais importante, através dela conseguimos ter tudo à distância de um clique. A nós compete-nos perceber isso e utilizá-la da melhor forma, porque tê-la é uma enorme vantagem para todos os estudantes.

 

 

PROCURAS EXPLICADOR? CLICA NA IMAGEM ABAIXO!

 

Procura Explicadores de Confiança